3 DOCUMENTÁRIOS SOBRE MODA DA NETFLIX

Oi meus amores, tudo bem com vocês??

Hoje eu vou escrever um pouco sobre 3 documentários de moda que estão disponíveis no Netflix e que são ótimos!

Então, vamos lá?

Franca: chaos and creation 

Como vocês sabem, a Itália é o babado da moda, certo? Logo a Vogue Itália é a Vogue mais foda e mais famosa de todas e por trás disso tudo temos um nome: Franca Sozzani!

Franca foi editora chefe da Vogue Itália por 28 anos e infelizmente faleceu em 2016. Ela fazia arte, de verdade, a revista é tão conhecida assim porque ela não trazia o comum e sim o afronte, como o editorial “Water&Oil” de 2010 com modelo coberta de olho em referência ao que aconteceu no Golfo do México.

O documentário mostra a vida pessoal e profissional dela e quando eu assisti eu já queria ser ela, juro!!! Mesmo perante o caos que deve ser comandar essa revista, ela parecia se manter PLENA!

Agora a revista tem como editor chefe o brasileiro/italiano Giovanni Bianco, que eu estive em um painel dele no Iguatemi Talks, lembram?

Enfim, se você tem curiosidade sobre como é a vida de um edito chefe, assista!

 

JEREMY SCOTT: the people designer

Todo fashion week que Jeremy Scott produz alguma coleção eu fico sempre babando, vocês já perceberam né?

Eu amo as coleções dele e amo também a sua história e conhecer um pouco mais da sua história foi essencial para entender mais sobre seu processo criativo.

O documentário foca na sua vida e carreira, em como ele já foi rejeitado por outras empresas, na sua formação na Pratt Institute e em algumas partes mostra a casa onde ele viveu em um campo de uma cidade no interior.

Para você que curte sabe sobre a trajetória de designers e princialmente entender Jeremy Scott que faz as coleções da Moschino, esse documentário é incrível.

 

THE TRUE COST 

Agora saindo do foco de vida pessoal e carreira, esse documentário eu indico PARA TODOS!

The true cost mostra a realidade por trás das roupas que compramos, sua produção, seu impacto social e econômico e como as marcas fast fashion fazem para ter um produto tão barato e produzirem DEZENAS de coleções em apenas um ano.

Grande parte do documentário mostra a realidade em Bangladesh, onde o houve o desabamento do Rana Plaza em 2013 e que morreram centenas de trabalhadores da industria têxtil, que recebem cerca de $2 (isso mesmo, 2 DÓLARES) por dia para um trabalho massante.

A atuação de sindicatos e direitos trabalhistas nessas áreas são MÍNIMAS, por isso a alta exploração dos trabalhadores em condições precárias que para mim podem ser comparadas a escravidão.

O documentário também faz uma análise desde a parte da agricultura e como o fast fashion impactou as plantações. Com maior demanda de algodão, por exemplo, as plantações deveriam usar mais inseticidas e agrotóxicos e com isso as populações que viviam em volta dos campos de plantações e que não tinham acesso nem ao saneamento básico estão com um alto índice de câncer e de nascimentos com anomalias.

Enfim, meus queridos, eu nunca imploro nada vocês mas dessa vez eu peço que vejam esse documentário, pois fiquei muito impactado e acho que vale a pena todos verem e saber como funciona a produção das lojas fast fashion.

 

E aí, meus amores, gostaram?
Espero que vejam e gostem dos documentários! Um beijo e até a próxima! ❤

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s