REVIEW MOSCHINO OUTONO-INVERNO 2019/20

Oi meus amores, tudo bem com vocês?

Hoje o REVIEW vai ser da grife que vocês sabem que eu quase não amo, ? HAHAHA
Vamos falar do desfile da Mochino que foi em Roma, já da para imaginar o quão babado foi só de falar a localização!

Então, vamos lá?!

Jeremy Scott, o diretor criativo da Moschino, se inspirou muito nos filmes de Federico Fellini, que foi um cineasta italiano bem renomado e que gravava em um estúdio em Roma, chamado Cinecittà de Roma, por isso o motivo do desfile ser em Roma e acontecer nesse estúdio.

A Moschino já é conhecidíssima pela extravagancia, pelo exagero e pela ousadia, e quando pesquisei sobre o cineasta vi o match perfeito entre a grife e Fellini, por ele também cultivar essas características.

E com isso, tudo se refletiu no cenário, que tem referência às famosas Termas de Caracalla, e nas composições das roupas. Tem muito brilho, vestidos de franjas, perucas, perolas, estamparia com símbolos numéricos romanos e alguns desenhos que fazem referência a essa cultura. Além disso, o diretor criativo mistura itens das roupas romanas às tradicionais como as conhecidas faixas vermelhas de cetim.

Algumas composições se inspiraram também nas roupas que os miliares usavam, como os corset de gladiadores, e Jeremy Scott conseguiu misturar o moderno com o antigo bem no estilo Moschino de ser!

 

Eu sempre amo as loucuras das coleções da Moschino, e olha que selecionei as “menos diferentes” aqui para vocês! hahaha

E aí, o que vocês acharam? O conceito deles é sempre bapho, né?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s