REVIEW SPFW DIAS 2 E 3

Olá meus amores,
estou sumidinho daqui, não é? Quem me segue no Instagram eu já expliquei o porque do sumiço, mas logo estou de volta 100%!

Não poderia deixar de comentar esse evento SPFW47 e também alguns desfiles, então vamos lá?!

Primeiro sobre o tema do SPFW47:

Esse ano o tema reflete a partir de uma pergunta “Qual é a sua utopia?” e isso tudo refletiu também no espaço dessa edição.

#BOBSTORE:

Nunca vou esquecer meu primeiro SPFW com a estreia da Bobstore que fez um desfile incrível e com uma coleção mais incrível ainda.

Essa coleção apresentada na edição N47 foi assinada apenas pelo André Boffano e continua maravilhosa. Ano passado a coleção de inverno foi inspirada em uma artista do Texas, bem western com muitas franjas e botas maravilhosas. Essa coleção resgata um pouco do início da marca com uns toques modernos.

Ainda assim é possível ver as tão marcantes franjas, a assimetria nas costuras, cores cítricas, jaquetas bem largas e uma alfaiataria bem moderna com terno e saia, que inclusive amei.

 

#PATBO:

A coleção está bem estampada, cheia de cores e super tropical. Mas, o que eu quero mais anunciar e frisar aqui é: a coleção contou com peças masculinas!

A maior aposta é a full look estampado, tanto no casual quanto no moda praia, e eu amei as peças masculinas!

 

#ANOTHER PLACE 

Finalmente essa marca que eu TANTO AMO estreou no SPFW e eu só queria estar lá para prestigiar isso tudo!

A marca é sem gênero e tem a pegada sportwear e na sua estreia eles usaram e abusaram dos truques de stylist que eu tanto amo! Além disso, essa coleção teve uma parceria com a Levi’s e produziram juntos os jeans que foram mostrados na passarela, e todo dinheiro das vendas dessa parceria será destinado a Casa 1 em São Paulo!

Fatos que mais amei nessa coleção: a pegada da alfaiataria bem moderna, o recorte nas calças, os cintos que dão mais de uma volta e com a logo da marca, a sobreposição de regata em camisas, o animal print bem cru, o neon e os jeans que eram azul tradicional com o branco.

Usaria 100% dos looks apresentados nessa passarela!

 

#JOÃO PIMENTA

Mais um ano que eu fico aplaudindo a coleção do João Pimenta e fico querendo a maioria das peças!

Como sempre, o conceito da marca é muito bem definido e exposto nas próprias roupas e esse ano, o designer, se volta para seu olhar no cenário atual do país e com isso ele coloca sacos plásticos no rosto e fita adesiva na boca dos modelos para demonstrar a censura, a tortura e o silêncio.

Nas roupas é possível ver uma mescla de estampas, de cores. Homens usando vestidos com a intenção de quebrar a masculinidade tóxica, o camuflado se transformou em bordados de flores e também quebrou a ideia de guerra e dureza.

 

#MODEM:

Com certeza foi a passarela mais linda dos desfiles, que além da estética em si ela conversou com a coleção apresentada.

Na passarela foram vistos muitos recortes, muita assimetria, babados, uma mescla de tecidos leves e pesados, como couro. Além disso, as saias plissadas com tons bem metalizados e muita cor!

 

E aí meus amores, gostaram desse #REVIEW rápido?
Fique atentxs no Instagram também que falarei algumas coisinhas lá!
Beijinhosss!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s